quinta-feira, 11 de março de 2010

Lying on my lap.


É fácil conhecer as pessoas, é fácil conhecer a melhor pessoas do mundo, o difícil é manter a tal junto com você. Para alguns isso é bem fácil, não entendo como pra mim pode ser tão difícil tão diferente.
Num primeiro instante as pessoas estão todas ali comigo, sorrindo, felizes. Já num segundo instante, eu encontro-me 'quase' sozinho novamente, pois quem era pra estar ali não está.
Eu nunca pedi pra ninguém ficar realmente ao meu lado, mas quando eu preciso, cadê você ?! Que eu mais preciso... Ahhh, está ausente, como de costume não ficava, pelo menos comigo não.
Eu sempre tive muito medo de me abrir, e agora estou preso a minha própria solidão, mas mesmo assim a pessoa certa a me ouvir seria você, pois tudo o que tenho falar enquadra-se só em você como num todo.
Tentaria me desligar de tudo que lembra-se alguém tão especial, mais sei que isso não adiantaria de nada, eu não posso me auto-desligar, ou parar o meu coração;
Seria ingênuo demais para jogar tudo pro alto e seguir meu sonho, com ou sem você, eu sei... Eu prometi nunca mais cantar aquela canção novamente, mas depois de tudo o que aconteceu, eu só escuto ela, e... não importa o quanto eu já sofri por você, não é ?
Você achava mesmo que poderia brincar com os sentimentos das pessoas para sempre ?. Você sempre esteve lamentando-se, nunca agiu de verdade; Você sempre foi superior à qualquer pessoa, e você sabe disso, porém o seu único erro foi prender-se nos seus reprimidos sonhos.
E... você pela segunda vez você acaba comigo, quando eu achava que podia dizer "Estou bem!" descobri que estava péssimo e sozinho novamente.
- Sabe o que é chorar por alguém ? Não conseguir dormir, não prestar atenção nas pessoas ao seu redor, não querer falar com ninguém, não citar nada que não se relacione à você, sabe ? Basicamente isto tem sido minha rotina diária.
' Eu nunca consegui lutar contra mim, e não vou tentar isso jamais, eu desisto de mim... não de você, nunca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário