sábado, 20 de fevereiro de 2010


Com aqueles olhos e aquele sorriso, você poderia conquistar qualquer pessoa ou algo que quisesse. Então por que me iludi tanto com seu sorriso ?
Porque eu sempre pensei que todos gostassem de mim, que falsidade não existia. Eu era tão... ingênuo. E então você veio e me ensinou como era ser alguém de verdade, o que era gostar mesmo de alguém de verdade, o que era estar com alguém só por estar ali naquele momento que se fazia único só por sua presença, e ao lado teu não importava mais nada, a não ser o coração da outra batendo mais forte cada vez que a outra aproximava-se. E então só por estar ali eu esquecia de tudo... Porque ? Eu tinha encontrado alguém com quem eu poderia, desabafar, sorrir, chorar, conversar a qualquer momento que eu quisesse, pois essa pessoa estava sempre ali, como se estivesse imóvel.
Desde então, nunca mais olhei pra trás. Não tinha motivos para isso, tinha tudo o que eu queria bem ali... comigo, do meu lado.
Era tão fácil olhar e dizer: Eu te amo! Você é tudo que eu preciso, e blá blá blá. Como se num passe de mágica qualquer coisa se perdesse no seu olhar, você era a perfeição em pessoa.
Com o passar do tempo percebi que estava preso há um só lugar, há uma só pessoa. Então olhei para o lado e vi que nem tudo era como eu imaginava. Eu não era tão odiado como eu pensava ou fui iludido a pensar, as pessoas tinham sim sentimentos bons por mim. Mais eu deveria culpar alguém por tudo o que eu teria feito ? Claro que não, a única pessoa culpada disso tudo seria no caso eu mesmo, e só eu. Por que eu me fechei do mundo ? Por que eu construí castelos de areia ? Por que eu vivi em um mundo de sonhos ? Por que eu me apaixonei por quem não deveria ? Por que eu me fechei só pra você ? ...
Nada me faz pensar o 'por que' de tantos 'por quês'! Mas mesmo me fechando do mundo, eu não olho para trás, não olho para o que eu perdi. Porque o melhor de tudo é você, que mesmo não estando pessoalmente aqui, continua aqui... Dentro de mim! Você será o que eu quiz por muito tempo, não posso mudar meus sentimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário